2ª VIA DE BOLETO

Devo me vacinar todo ano contra a gripe? 

Neste ano o Ministério da Saúde concluiu sua campanha de vacinação sem atingir suas metas. Havia a expectativa de vacinar 54 milhões de brasileiros, mas preferiram não se imunizar 6,8 milhões de pessoas. Gestantes e as crianças com até seis anos foram os grupos que ficaram menos protegidos.

Ainda há vacinas disponíveis em parte dos postos de saúde e na rede privada. Para ajudar quem ainda tem dúvidas sobre a vacinação, a BBC News Brasil ouviu autoridades que responderam às principais questões sobre o assunto:

Todos podem se vacinar? 
Quase toda a população pode tomar a vacina. Ela só não é recomendada para crianças com menos de seis meses de idade, pessoas com alergia grave a ovo, pessoas imunossuprimidas e pessoas com história de reação grave anterior à vacina.

Devo tomar vacina todos os anos? 
A duração da imunização da vacina é de 10 a 12 meses. Além disso, os vírus sofrem mutações, e a cada ano a vacina é feita com os vírus que mais circularam no ano anterior. Por isso, é preciso se imunizar anualmente para estar protegido sempre.

Quem tem prioridade?
O SUS disponibiliza doses da vacina para os grupos prioritários, ou seja, crianças de seis meses a cinco anos, adultos a partir dos 60 anos, gestantes, indígenas, profissionais de saúde, professores e portadores de doenças crônicas pulmonares, cardíacas ou metabólicas e com alterações de imunidade.

Não pertenço aos grupos de risco. Por que me vacinar?
Porque o vírus se dissipa pelo ar, o que o torna altamente contagioso. Assim, se todos se previnem, teremos menos vírus circulante, pois eles terão menos hospedeiros para se dissipar.

Há efeitos colaterais à vacina?
É possível observar dor no local da aplicação da injeção e uma leve irritação cutânea.

Gripes podem ficar mais fortes em anos diferentes?
Sim. O vírus Influenza, causador da gripe, sofre alterações que podem tornem os sintomas de uma pessoa infectada mais fortes de um ano para o outro.

É possível ficar gripado por causa da vacina?
A vacina é feita com vírus inativado, ou seja, vírus morto. Por isso, não é possível adquirir gripe a partir da vacinação. Isso é boato.

Posso morrer por causa da vacina da gripe?
Não. É comum circularem boatos de que a vacina pode estar associada a ataques epiléticos, sequelas físicas e até morte, mas não há nenhum registro de que tenha ocorrido qualquer um desses casos.

Mais informações no site G1.